A Prefeitura de Gravatá, através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e a equipe do AEPETI (Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) realizou nesta segunda (12) palestras para alertar a população sobre o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil.

Segundo a Constituição Federal Brasileira, é proibido o trabalho para menores de 14 anos e permitido entre 14 e 18 anos na condição menor aprendiz. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Brasil no ano de 2015 quase 80 mil crianças com idade entre 5 e 9 anos estavam trabalhando.

As palestras foram realizadas durante a manhã e tarde e contou com a presença de cerca de 200 crianças. Após constatar a necessidade da comunidade, o CRAS II articulou as palestras como forma de conscientizar e incentivar as crianças e adolescentes a priorizar o estudo e aproveitar a infância.

 “A criança que trabalha deixa de ir à escola, e prejudica sua formação acadêmica e intelectual. Outra grande preocupação é que a maioria executa trabalho físico pesado, o que pode causar lesões e até danos permanentes no desenvolvimento físico. Vamos trabalhar incansavelmente para oferecer às nossas crianças uma infância de qualidade, com seus direitos preservados.” Afirmou a coordenadora do AEPETI, Dayane Castor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here