Plano Diretor é apresentado à Câmara de Vereadores e representantes da Construção Civil

0
196

Entre os quatro eixos temáticos da Revisão do Plano Diretor, 
ambiência urbana e dinâmica foram os temas de maior discussão entre os participantes

 

A Revisão Participativa do Plano Diretor de Gravatá, em fase de conclusão, foi apresentada nesta terça-feira (11), aos representantes do Poder Legislativo, na plenária da Câmara Municipal de Gravatá, no Centro da cidade. Na ocasião, estiveram presentes os vereadores, Fernando Resende, Régis da Compesa, Gustavo da Serraria, Elson Campos, Luiz Prequé, Nino da Gaiola e Léo do ar. As secretárias de Infraestrutura, Controle Urbano e Mobilidade e Governo, Comunicação e Imprensa, Giuliana Lins Cavalcanti e Tercília Vila Nova, respectivamente, acompanharam a apresentação, que foi executada pelo diretor de Projetos da Engeconsult, Francisco Lopes.

Dividido em quatro eixos, a Revisão do Plano Diretor de Gravatá trabalha Ambiência, Mobilidade, Dinâmica Urbana e Gestão e Fortalecimento Institucional. Entre esses quatro eixos, ambiência urbana e dinâmica foram os temas mais discutidos entre os participantes.

“Esses eixos trabalham a diversidade de uso e ocupação do solo, com a distribuição para comércio e serviço, habitação unifamiliar, social e popular, praças e parques, condomínios residenciais e loteamentos e equipamentos públicos. Já no campo ambiental, a recuperação das margens do Rio Ipojuca e a necessidade de criar e ampliar áreas de proteção ambiental para preservar o clima, as nascentes e corpos d’água, também são discutidos”, disse o diretor de projetos da Engeconsult, Francisco Lopes.

CONSTRUÇÃO CIVIL

Ainda nesta terça-feira (11), a equipe da Secretaria de Infraestrutura, Controle Urbano e Mobilidade e da empresa Engeconsult se reuniram com engenheiros, arquitetos, construtores, e empreendedores da Construção Civil, da cidade, para a segunda reunião com o segmento. No encontro, que aconteceu no auditório da Secretaria de Educação, na Rua Dr. Régis Velho, 156, no bairro do Cruzeiro, também foram discutidos os eixos: Ambiência Urbana e Dinâmica.

As propostas de Zoneamentos Urbanos (ZU) para expansão urbana foram apresentadas por meio do mapa do município e, na ocasião, comparado à proposta do Plano Diretor, revisado no ano de 2006. Novos parcelamentos de zona urbana, com distribuição de áreas e lotes mínimos, foram explanados.

A próxima etapa será a realização de uma Audiência Pública marcada para o dia 19 de outubro, na Câmara Municipal de Gravatá. Em seguida, o Projeto de Lei será encaminhado ao Legislativo para aprovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here