O procurador-geral do Estado César Caúla esteve reunido, na última quarta-feira (10), com os seis novos estagiários de ensino médio em mais um momento no processo de integração dos estudantes com a instituição. Após o encerramento do treinamento inicial, realizado pela equipe de Desenvolvimento de Pessoas da Unidade de Recursos Humanos da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE/PE), o grupo de jovens foi convidado pelo dirigente do órgão para uma conversa informal.

Ao dar as boas-vindas aos novos integrantes, o procurador-geral falou da importância do primeiro estágio na carreira de um profissional. Incentivou os jovens a aproveitarem bem o período de permanência na Procuradoria, onde poderão adquirir valiosos conhecimentos, principalmente na convivência com as pessoas. Citou como exemplo a sua experiência pessoal no primeiro emprego, que, segundo ele, leva como referência de aprendizado para toda a vida.

“Temos aqui, excelentes profissionais com os quais vocês poderão aprender muitas coisas. Vocês não podem se permitir ou deixar de aproveitar esse momento de aprendizado. Não somente com quem coordena o Programa, mas também com aqueles que vocês vão trabalhar diretamente. Aproveitem bem a oportunidade desse estágio e levem daqui o que há de melhor para suas vidas”, enfatizou o procurador-geral.

César Caúla destacou, ainda, na ocasião, a importância social do Programa de Estágio da PGE/PE desenvolvido em convênio com o Centro de Integração Estudante Escola (CIEE), que vem possibilitando a preparação de jovens, em sua maioria de escola pública, para entrar no mercado de trabalho. Na PGE/PE estão atuando no apoio administrativo de diversos setores 21 estudantes do ensino médio, de 16 a 18 anos e que nunca trabalharam.

O estágio de quatro horas diárias tem duração de um ano, renovável por mais um, se o aluno ainda estiver cursando o ensino médio. Os estudantes recebem bolsa auxílio no valor de R$200,00 e vale-transporte R$132,40. “Essa é minha primeira experiência de trabalho e espero aprender muito aqui. Aliás, já estou aprendendo com esse primeiro contato com a instituição”, afirmou Maria Rosa, de 18 anos, aluna do 2º ano, da Escola Estadual Argentina Castelo Branco, situada em Olinda.

Durante o processo de integração, a equipe de coordenação do programa, formada pelas servidoras Mônica Carlos e Elizabeth de Didier, Alzira Brito e Cristina Lira, apresentou aos novos estagiários a estrutura e a atuação da PGE, as atribuições que eles irão exercer, além dos conceitos básicos dos expedientes e das rotinas administrativas. Ao final do treinamento, foi entregue a cada um deles uma cópia do Manual do Estagiário, elaborado por elas, contendo, inclusive, modelo dos documentos oficiais com os quais eles irão lidar.

“Consideramos esse primeiro contato com a instituição um momento muito importante para esses jovens. Para a maioria, o estágio é a primeira experiência de trabalho. Procuramos recepcioná-los com muita dedicação e prepará-los para o início de suas atividades junto à instituição”, disse Mônica Carlos. “O primeiro contato com o mundo do trabalho é marcante. O Programa de Estágio da PGE tem como objetivo treinar e aperfeiçoar qualidades profissionais e pessoais de cada estagiário. Capacitando-os para ingressarem no mundo do trabalho confiantes e preparados para novas conquistas”, acrescentou Elizabeth Didier.

Ainda, segundo as coordenadoras, durante a permanência no estágio, os estudantes receberão orientações e serão avaliados semestralmente quanto ao seu desenvolvimento pessoal e profissional. De acordo com a necessidade, passarão por treinamentos e também por um rodízio, que permite a vivência de múltiplas experiências nos diversos setores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here