Olá, leitor do Blog MB, você que acompanha nossos posts, podcasts e vídeos com atualidades de Marketing Digital não poderia perder o resumo das principais palestras do RD Summit 2016.

O Evento RD Summit 2016 reuniu + 130 palestrantes somando + 73 horas de palestras em 2 dias de evento com público + 5.500 profissionais. Vários destes palestrantes já estiveram em outras edições do RD Summit e apresentaram novidades, abaixo você acompanha um resumo do que vimos e ouvimos por lá.

O Grande Destaque em 2016 foi Neil Patel, o “overkill” do marketing digital, Co-fundador da Crazy Egg & Hello Bar, Patel foi o palestrante mais esperado do evento. Vou falar dele no fim deste Post, acompanhe até o final e veja o que trouxemos diretamente de Florianópolis onde ocorreu o evento:

Confira o LinkedIn dos palestrantes nos links dos respectivos nomes:

No primeiro dia de evento destacamos:

Wil Reynolds, Olavo Pereira Oliveira, Sandro Magaldi, Paula Bellizia, Aaron Agius, Alberto André e Fernando Kimura.

No segundo dia tivemos, entre outros:

Martha Gabriel, Fábio Prado Lima, Oli Gardner, Leandro Martinez, Ana Tex, Paulo Alvarenga e Neil Patel.

“Desafios do Marketing Digital para 2017” | Confira a Entrevista com alguns palestrantes.

Storytelling – Capacidade de contar histórias

Wil Reynolds, fundador da Seer Interactive, começou sua palestra falando da necessidade atual que as empresas tem em contar ótimas histórias com textos curtos, já falamos aqui no blog sobre a importância das histórias, hoje as famosas storytelling estão em alta. Olavo Pereira de Oliveira, mentor de Storytelling

Para ter atenção do consumidor neste novo espaço, é preciso contar uma história curta que tenha importância. Percebemos ainda mais que a internet não é um ambiente só de tecnologia, mas sim um ambiente de pessoas. Essas histórias devem ser contadas de pessoas para pessoas, podemos aplicar storytelling em anúncios, posts, publicações, twittes e qualquer conteúdo que conecte pessoas

Olavo Pereira Oliveira completou a frase de Reynolds ao afirmar que “Storytelling não serve para vender e convencer e sim para conectar“. Em sua palestra ele nos lembrou de personalizar a comunicação e alertou para atualizar a página “quem somos”, que é uma das páginas mais acessadas nos sites.

Pessoas gostam de histórias, gostam de compartilhar histórias, não é a toa que os sites e APPs mais utilizados são redes sociais, vídeos, e-mail e mensagens.

Experiência do Usuário

Pensar na experiência de busca do usuário, Reynolds não foi o único a falar sobre experiência do usuário, Kimura em sua palestra sobre Neuromarketing também comentou sobre a experiência como sendo a mais forte das sensações. Melhorar a experiência do usuário também é um dos alicerces do Google.

Oli Gardner apresentou algumas ferramentas para mensurar a taxa de atenção do seu site,

Será que um usuário comum está encontrando o que busca no Google?

 

Reinolds sugeriu o site Infinit Sugget como uma referência para Infinitas sugestões de busca.

Experiência do usuário nos Anúncios online (ADS)

Falando um pouco de anúncios online, devemos pensar como a descrição do anúncio.

Entenda como seu cliente faz a busca e confira se a descrição do seu anúncio chega diretamente na dor do seu usuário, se as informações do anúncio são relevantes e estão tocando seu futuro cliente.

A descrição do seu anúncio está conectando sua empresa/produto/serviço com as pessoas?

Se você ainda não está conectando seus anúncios com as pessoas é hora de rever seus anúncios e preparar novas campanhas. Oli Gardner em sua palestra no RD Summit, falou sobre a Clareza na comunicação, que deve ser aplicada também em seus anúncios. Uma ótima maneira de fazer isso é através dos Testes A/B  que também foi assunto da Palestra de Fábio Prado Lima sobre Facebook Ads e Alberto André acredita que é melhor testar os anúncios várias vezes antes de testar alterações na landing page, aumentando a conversão e pagando menos pelo anúncio .

 

Para Alberto André, não há venda de verdade sem compra de mídia, ele cita o exemplo dos afiliados que investem um valor alto em mídia num tempo curto, mesmo ganhando em média apenas 30% do valor total do produto vendido. Em sua palestra (proibida) sobre black hat e compra de mídia André aconselha o uso desta ferramenta AdPlexity para ver/stalkear seus concorrentes.

Confira aqui o Post e aqui o vídeo no youtube onde falamos da importância do teste A/B no Google Adwords

Evite esses erros no Google Adwords

A palestra do Leandro Martinez teve muito conteúdo sobre Google Adwords. O que chamou mais a minha atenção foram os erros cometidos, o que fazer e o que não fazer.

Listamos abaixo os principais ERROS que você deve evitar no adwords:

  • Falta de planejamento e metas;
  • Trabalhar somente o fundo do funil;
  • Pensar no resultado imediato;
  • Alterações constantes;
  • Fazer campanha pensando no google (pense no usuário);
  • Não fazer o básico, buscando milagres;
  • Não pensar na arquitetura;
  • Ignorar as praticas recomendadas;
  • Ignorar campanhas institucionais (Devemos usar o nome da empresa nas campanhas);
  • Depender de apenas um canal;
  • Não mensurar resultado;
  • Ferramentas de gerenciamento como ‘otimização de pesquisa’, ela vem pra complementar, usar depois de 3 meses;
  • Criação acelerada. O famoso “Vou subir assim e depois eu arrumo”;
  • Achar que o problema está só na campanha. Se a conversão não ocorre ver onde estão os gargalos.

Outras dicas para Grupos de anúncios no Adwords

  • Separar em 3 grupos pequenos específicos > citando a palavra de 2 a 3x no anúncio;
  • Grupos com palavras genéricas tem maior abrangência;
  • Grupo com marcas tem maior conversão;
  • Grupo com palavras especificas tem maior conversão;

NOVIDADES no Google Adwords

  • Extensão de mensagem;
  • Extensão de preço;
  • Extensão de local de afiliado;
  • Grupos de campanhas (agrupar campanhas e definir metas);
  • Sitelink em nivel da conta;
  • TrueView Discovery Ads/Bumper Ads;
  • Relatório por URL Final;
  • Google Data Studio (Ferramenta do google com dash para gerar relatórios)
  • Nova interface MCC

Segundo Martinez o Adwords funciona como um cubo mágico que para ser montado precisa ser desmontado em alguns momentos.

Facebook Ads

As plenária estava lotada no dia 04, Fábio Prado Lima falou de facebook ads e destacou que para melhorar os resultados devemos aumentar o CTR, a pontuação de relevância e a taxa de conversão.

Quanto > (maior) CTR < (menor) custo

É bom relembrar também a importância dos Feedbacks, no Facebook um anúncio com feedback positivo, aquele anúncio que tem interação dos usuários, custa menos e tem maior alcance. Já os anúncios com feedback negativo, quando o cliente aperta o x pra sair do anúncio, tem efeito contrário.

Este envolvimento na publicação é um dos fatores para seu anúncio ganhar mais leilões e pagar mais barato.

No modo avançado do destacamos o Remarketing do Facebook, que pode ser feito baseado nas pessoas que ficaram determinado tempo ou acessaram determinadas vezes o site nos últimos X dias. Esse público personalizado também pode ser baseado no envolvimento.

Exemplos:

  • Quem viu 10% do vídeo;
  • Quem viu 30segundos do video.

Podemos ainda configurar um sequenciamento de anúncios/mensagens.

Exemplo:

  • Quem assistiu o vídeo 1, recebe o anuncio do vídeo 2.

 

Automação

Elton Miranda falou sobre automação, o que nós da Mercado Binário adoramos, e citou o famoso Zapier zapier.com/zapbook, utilizado para conectar outros Apps e automatizar processos.

Miranda citou outra ferramenta de automação no Inbound, que serve para enriquecer o lead, encontrar dados do lead e atualizar o Lead Scoring chamada Clearbit.com

Abaixo algumas ferramentas para te ajudar no outbound

Marketing para audiência de Massa

Sandro Magaldi falou sobre as lições aprendidas no meusucesso.com, focando na audiência de Massa.

Dentre as dicas de Magaldi, que comentou do lançamento, como experiência própria: “Não se empolgue com as primeiras vendas, seu negócio vai ser validado a partir dos primeiros pagamentos e mensalistas que PAGARAM por isso”.

Magaldi lembra para usarmos a linguagem da comunicação do cliente, como foi dito também por Leandro Martinez, Fábio Pedro Lima entre outros no RD Summit 2016.

No lançamento de um novo produto, em cada mudança de versão ou mudança de plataforma ele sugere que seja feito um evento para divulgar e também vender mais. Cada evento é uma oportunidade de estar em contato com o cliente, ouvir suas opiniões e também para quem sabe converter alguns convidados em novos clientes.

Confira no vídeo nossa entrevista rápida sobre os desafios de Sandro Magaldi para 2017.

 

Inteligência artificial

Paula Bellizia da Microsoft disse que a empresa está buscando democratizar a Inteligência Artificial (AI), segundo Bellizia, o futuro é AI, ela sugeriu os livros A quarta revolução industrial de Klau Schwab e Growth Mindset de Carol Dweck.

Rolou um jabá pro Azure da microsoft. Inclusive que eles tem um fundo de apoio a startups, ela não passou o link da Device Lab Microsoft no Brasil, porém achei este link.

 

Neil Patel – Growth Hacking em 2017

O palestrante lotou a plenária com a última palestra do RD Summit 2016 que abordou sobre Growth Hacking em 2017.

Apesar de alguns comentários sobre a “arrogância” dele eu particularmente não achei nada arrogante, foi uma palestra mais séria focada nas dicas de Neil Patel que iniciou descontraidamente comparando a conversão um cliente com o casamento.

“Imagine você andando pela rua, num dia normal de trabalho quando, de repente, alguém que você nunca viu te pede em casamento? Você aceitaria?”

Foi uma metáfora de como algumas empresas trabalham suas estratégias de marketing sem se preocupar com o relacionamento, tentando vender o produto no primeiro contato. Com certeza a taxa de conversão será menor. Patel brinca ainda que se você aceitar o convite é por que tem algo de estranho! Eu Concordo 🙂

Crie um relacionamento com seu lead, mostre seu trabalho, envie conteúdo de valor antes de tentar vender seu produto/serviço.

Para saber mais, dá uma olhada no texto que Giulianna Oliveira Santos, escreveu a respeito do evento!

Webinar

O Webinar também foi destaque na palestra de Patel que deu um exemplo sobre os valores de venda:

“Você pode comprar por R$ 13.000,00, com desconto fica por R$ 8.000,00 mas eu faço por R$ 997!”

Patel explicou a importância de criar uma apresentação e uma sequência de e-mails antes do webinar, o powerpoint, segundo ele, deve ter 1h30, lembrando sempre de alertar os espectadores, durante o webinar que “fiquem até o final que ganharão um bônus“.

Voltar o assunto e lembrar o que foi passado na última hora. Patel sugere ainda a seguinte sequência para o sucesso do seu webinar:

  1. Introdução
  2. Bônus 1
  3. Bônus 2 Surpresa
  4. Bônus 3 Surpresa
  5. 100% do seu dinheiro de volta Garantido
  6. Bônus 4

 

Geolocalização no seu site

Faça as pessoas sentirem-se especiais ao acessar seu site, use Geolocalização no conteúdo do seu site. Personalize um campo onde a localização apareça no texto, mesmo com uma localização não muito precisa, a taxa de conversão é maior, pois o usuário tem uma relação com o local.

E-mail com countdown

Segundo os testes feitos pela equipe de Neil Patel, os e-mails com countdown (dias, hora, minutos e segundos) enviados diariamente enquanto a sequência de dias vai diminuindo no contador aumentaram as vendas em 122.8%. Vale a pena testar, lembrando de não enviar sempre essas sequências de e-mail diárias.

[Bônus] Como aumentar a reputação da sua empresa online

O palestrante Aaron Agius deu foco às agências, porém as informações podem ser utilizadas para aumentar a reputação da sua empresa, confira os 10 tópicos principais abaixo:

  1. Parceiros falando da sua empresa
  2. Anúncios (branding)
  3. Aumentar sua Credibilidade com Assessoria de Imprensa
  4. Entrevistas (Entrevistar e ser entrevistado)
  5. Buscar conquistar Prêmios
  6. Virar Autoridade no seu ramo
  7. Blog (Conteúdo de valor)
  8. Vídeos no Youtube
  9. Redes Sociais (Criar Posts Virais)
  10. Podcasts

Gostou do Post? Vamos adorar receber seu comentário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here