Desde o ano passado o envio não acontecia

por falta de certificação do gestor

A Prefeitura de Gravatá, por meio do Instituto Previdenciário dos Servidores Municipais de Gravatá (IPSEG), sanou mais uma irregularidade junto ao Ministério do Trabalho e Previdência Social. As Políticas de Investimento do IPSEG foram encaminhadas ao MTPS, justamente, após a certificação da gestora do Instituto.

Desde o ano de 2015, o IPSEG não encaminhava a Política de Investimento para o Ministério da Previdência, em razão de o gestor anterior não possuir Certificação para isto. Em setembro deste ano, a presidente do IPSEG, Luci Lopes, e a diretora Financeira, Kellys Christine, conseguiram aprovação na prova da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimentos de Mercado de Capitais (APIMEC) e, hoje, possuem a Certificação de Gestor de Regime Próprio de Previdência Social (CGRPPS). 

Com isso, o IPSEG conseguiu retirar mais uma irregularidade perante o Ministério do Trabalho e Previdência Social e encaminhou as Políticas de Investimento relativa aos anos de 2015 e 2016.

“Quando não acontece o envio da Política de Investimentos, o Ministério da Previdência não emite a Certidão de Regularidade Previdenciária (CRP) e, com isto, o município fica impossibilitado de receber recursos oriundos de convênios com os Governos Federal e Estadual, explicou Luci, ao destacar que, até então, este era um dos itens de irregularidade perante o Ministério da Previdência que impedia a emissão Certidão de Regularidade Previdenciária (CRP). Desde o início da Intervenção eu e o interventor empreendemos esforços para sanar todas as inadimplências possíveis”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here