Produção nacional discute temas como sociedade, economia, política, cultura, arte e comportamento

Novidade da programação da TV Brasil para esta quarta-feira (1), às 21h30, a série Incertezas Críticas propõe uma reflexão sobre o mundo atual na visão de alguns dos mais importantes intelectuais do tempo presente.

Os principais autores que refletem sobre a sociedade contemporânea entrevistados na produção nacional da Grifa Filmes são os sociólogos francesesMichel Maffesoli e Alain Touraine, o linguista e ativista norte-americano Noam Chomsky, o economista brasileiro Luiz Gonzaga Belluzzo e o sociólogo norte-americano Richard Sennett.

Em 13 de janeiro, a emissora exibiu o episódio de Incertezas Críticas com o sociólogo polonês Zygmunt Bauman em tributo ao autor que faleceu no dia 9 daquele mês.

Cada um dos 12 episódios de 26 minutos destaca um pensador, numa entrevista exclusiva gravada na sua residência ou escritório. O primeiro programa traz uma conversa com o escritor argentino, naturalizado canadense, Alberto Manguel.

Debate profundo, mas acessível

A proposta é discutir o mundo contemporâneo em diversas perspectivas como sociedade, economia, política, cultura, arte e comportamento. Em cada entrevista, o espectador pode ter uma introdução sobre o pensamento dos mais notáveis intelectuais da atualidade e descobrir como esses temas são abordados em suas obras.

As entrevistas foram conduzidas pelo diretor da série, Daniel Augusto, que também assina o roteiro e a edição de Incertezas Críticas. São programas que tratam de questões profundas, mas, ao mesmo tempo, de um modo acessível, para que o público possa pensar sobre a realidade mundial.

Produzida pela Grifa Filmes, a série Incertezas Críticas traz para a TV Brasil entrevistas com o sociólogo francês Alain Touraine; o escritor argentino, naturalizado canadense, Alberto Manguel; o cientista político francês Dominique Moisi; o economista brasileiro Luiz Gonzaga Belluzzo; o urbanista norte-americano Mike Davis; o sociólogo francês Michel Maffesoli; o linguista e ativista norte-americano Noam Chomsky; o sociólogo norte-americano Richard Sennett; o historiador norte-americano Robert Darnton; o escritor paquistanês Tariq Ali; a ativista ambiental indianaVandana Shiva; e o sociólogo polonês Zygmunt Bauman.

Episódio de estreia


Romancista, ensaísta, tradutor e organizador de mais de uma dezena de antologias de literatura, o escritor Alberto Manguel é argentino, naturalizado canadense. Ele é o primeiro convidado da série Incertezas Críticas no ar para todo o país pela TV Brasil.

Na entrevista exclusiva, o autor fala sobre a noção do tempo narrativo. “A raça humana desenvolveu, há muitos anos, a possibilidade de imaginar o mundo. É como ter a experiência do mundo antes de vivê-la”, sugere.

Discípulo do escritor argentino Jorge Luis Borges, para quem lia em voz alta na juventude, Manguel é conhecido por obras como “Uma história da leitura” (1996) e “Dicionário de lugares imaginários” (1980).

O autor da estreia de Incertezas Críticas conversa com a equipe do programa sobre a importância da literatura e a suposta morte do livro. Também comenta o que aprendeu com o mestre e sua relação com as dezenas de publicações que escreveu.

A nova obra de Alberto Manguel, “Uma história natural da curiosidade”, lançada ano passado, conta a trajetória de evolução da curiosidade através dos tempos, guiada por Dante Alighieri. O ex-colaborador de Borges destaca os labirintos e os perigos que estão associados ao desejo de saber.

Atualmente, Alberto Manguel é o diretor da Biblioteca Nacional Mariano Moreno na Argentina.

Ficha Técnica

Episódios: 12

Duração: 26 min.

Ano de produção: 2015

Classificação indicativa: Livre

Produtora: Grifa Filmes

Direção: Daniel Augusto

Produção Executiva: Fernando Dias e Mauricio Dias

Direção de Fotografia: Jacob Solitrenick

Ideia original: Fernando Dias e Daniel Augusto

Roteiro: Daniel Augusto

Produção: Alessandra Tosi

Coordenação de Produção: Isabel Oliva

Serviço

Incertezas Críticas

Estreia dia 1 de fevereiro (quarta-feira), às 21h30, na TV Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here